segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Estou voltando pro mesmo lugar

Onde está a tua casa que eu não encontrei onde deixei
Se mudaram pra outra cor e não deixaram a mesma que eu pintei
Ainda penso no teu beijo, e os olhos verdes que tanto amei
Me entreguei

E a tua mãe nunca deixou você usar meu sobrenome, amor
Eu fiquei tão triste como alguém que nunca viu o pôr do sol, o sol se pôr
Como uma criança que tem medo do fogo
Fui pra longe de você, desistindo do nosso amor

Você não se importou e agora tanto faz

Mas estou voltando pro mesmo lugar
e eu não tenho medo de te encontrar
e dizer o quanto eu te esperei
pra viver contigo só e mais ninguém

Por isso estou voltando pro mesmo lugar
e eu não tenho pressa de recomeçar
e encontrar um caminho que me faça bem
um destino, uma estrada com outro alguém

Um comentário:

  1. Boa tarde!

    Vim aqui hoje pra dizer que meu blog mudou. Tive que fazer uma outra conta porque a minha antiga deu problemas com invasão de vírus. Aconteceu comigo e vários outros blogs.

    Entao venho te convidar a seguir meu novo cantinho, o www.queiratocaroceu.blogspot.com

    Estarei colocando posts do outro e mais novos também. Fiz também uma página do meu blog no Facebook,caso vocÊ tenha Facebook, você além de seguir meu blog, pode também curtir a página na caixinha do lado direito do blog.

    Bom, é isso. Vou ficar super contente em te ver meu novo cantinho, então, não deixa de passar lá, ta?!

    Beijos e boa semana!

    Luciana Mira

    ResponderExcluir